CME-RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DE SELA TÚRCICA OU HIPÓFISE

SairImprimir



Descrição do Documento
Aprovador1:Leonardo Velloso Santos
Versão do Documento:1
Regional/Marca: DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA
Setor no Laboratório:PROCEDIMENTOS DIAGNOSTICOS
Seção no Laboratório:RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
Nome do Exame-Procedimento:RESSONÂNCIA MAGNÉTICA DE SELA TÚRCICA OU HIPÓFISE
Doenças Relacionadas - A: HAS SECUNDÁRIA À ACROMEGALIA
OUTROS TRANSTORNOS DA HIPOFISE ANTERIOR
Doenças Relacionadas - B: SINDROME DE CUSHING
Doenças Relacionadas - C: Não existem doenças relacionadas a este Exame Nivel 3
Código do Documento:
Sinônimos: Ressonância da sela turca ou sela túrcica / Ressonância da hipófise
Ressonância magnética da sela turca ou sela túrcica / Ressonância magnética da hipófise
RM do crânio para avaliação da sela turca ou para avaliação da hipófise
Metodologia DA e Outros - Equipamentos:Exame realizado em equipamentos abertos(0,2 / 0,3T) ou fechados(1,0 / 1,5 T - maior sensibilidade e resolução espacial).
Realizadas sequências nos planos coronal e sagital, pesadas em T2 e T1 antes e após a injeção de contraste paramagnético (gadolínio), com estudo dinâmico da impregnação pelo contraste. Sequências adicionais podem ser realizadas conforme orientação do radiologista, dependendo da indicação clínica.
Indicações:A RM é o método de escolha para avaliação de lesões da região selar, para-selar e supra-selar, com clara identificação da sela turca, adeno e neuro hipófise, haste hipofisária, seios cavernosos, cisternas adjacentes, meninges, carótidas, pares cranianos e região hipotálamo-quiasmática, sendo excelente método para definição de adenomas, meningeomas, aneurismas, gliomas, cistos, metástases, tumores primários, entre outros diagnósticos.
As contra indicações são as mesmas dos demais exames de Ressonância Magnética, incluindo uso de marcapasso, próteses metálicas cardíacas, clips de aneurismas ferro-magnéticos, dentre outros.
Significância de Resultados:É o melhor método para a avaliação de patologias da região selar (vide item Indicações). A avaliação de calcificações lesionais e o estudo da base do crânio tem melhores resultados com a Tomografia computadorizada.
Interpretação Clínica:Sempre se faz necessária a correlação com os dados clínicos e laboratoriais, apesar de grande sensibilidade e especificidade, para definição de tratamento adequado.
Exames Correlatos:A tomografia computadorizada (TC) da sela turca foi substituída com vantagem pela ressonância magnética (RM ).
TC está indicada nos pacientes com restrições à RM ( marca-passo, clips de aneurisma cerebral, próteses, fobia, etc ).
Embora menos sensível e com menor acurácia que a RM, a tomografia computadorizada é muitas vezes suficiente para avaliar condições patológicas da região selar ( adenomas hipofisários, aneurismas , tumores, etc).
Bibliografia:Diagnostic Neuroradiology, Anne Osborn, editora Mosby.
Magnetic Ressonance Imaging of the Brain and Spine,Scott Atlas, segunda edição ,editora Lippincott-Williams and Wilkins.
Links Bibliográficos:


Dados do Documento
Autor do Documento: Luiz Felipe Bandeira de Mello
Data de Criação: 10/09/2006

Aprovação do Documento
Aprovador: Leonardo Velloso Santos
Data da Implementação: 10/09/2006
Data da Aprovação: 10/09/2006
Status Geral do Documento:Ativa



Histórico
Histórico
Documento foi enviado para Aprovação por: Luiz Felipe Bandeira de Mello em 10/09/2006 20:21 para Leonardo Velloso Santos
Documento foi Aprovado por: Leonardo Velloso Santos em 10/09/2006 20:33
Documento Revisado por: Consulta Gestao Medica Rio em 11/08/2008 20:27