CME-TOMOGRAFIA DE CRÂNIO

SairImprimir



Descrição do Documento
Aprovador1:
Versão do Documento:1
Regional/Marca: DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA
Setor no Laboratório:PROCEDIMENTOS DIAGNOSTICOS
Seção no Laboratório:TOMOGRAFIA
Nome do Exame-Procedimento:TOMOGRAFIA DE CRÂNIO
Doenças Relacionadas - A: SINDROME DA SELA VAZIA
PANHIPOPITUITARISMO
ABCESSO INTRACRANIANO
ABCESSO DE LOCALIZACAO NAO ESPECIFICADA
CISTICERCOSE
Doenças Relacionadas - B: MENINGOENCEFALITE HERPETICA
ADENOMA HIPOFISÁRIO
MENINGITE TUBERCULOSA
TOXOPLASMOSE
Doenças Relacionadas - C: HAEMOPHILUS INFLUENZAE
MENINGITE BACTERIANA
Código do Documento:CME-00371-DASA
Sinônimos: Tomografia/ TC do crânio, Tomografia axial do crânio.
Metodologia DA e Outros - Equipamentos:São obtidos cortes tomográficos no plano axial com espessura de 3 mm na fossa posterior e de 10 mm supratentoriais, antes e após injeção endovenosa de contraste não iônico ou sem injeção de contraste.
Indicações:A Tomografia (TC) do crânio foi substituída, com vantagem, pela Ressonância magnética (RM) na maioria dos casos.
Como regra geral a Tomografia computadorizada do crânio é indicada nos casos de doença neurológica aguda (trauma, acidente vascular, cefaléia aguda) e para os pacientes com restrições à Ressonância magnética (marca-passo, prótese etc.
Embora menos sensível, com menor acuracidade que a Ressonância magnética, a Tomografia computadorizada do crânio é, muitas vezes, suficiente para avaliar condições patológicas do sistema nervoso central.
Significância de Resultados:As alterações detectadas nas imagens geralmente são inespecíficas e permitem apenas reduzir o número de diagnósticos possíveis.
Havendo efeito compressivo (massa) infere-se que a lesão é ativa e potencialmente tratável. Havendo perda de tecido (atrofia) infere-se que a alteração é estável.
Contribuem para o diagnóstico diferencial na análise das imagens a localização da lesão (intra-cerebral/intra-axial ou extra-cerebral/extra-axial), o número de lesões (solitária ou múltipla), sua distribuição (substância branca, substância cinzenta, território vascular) e a impregnação pelo contraste ("realce").
Interpretação Clínica:É necessária estreita correlação entre as alterações detectadas nas imagens com o quadro clínico.
Exames Correlatos:Ressonância magnética (RM) : é o melhor exame na avaliação das estruturas intra-cranianas, na maioria dos casos, por sua capacidade superior de discriminar as estruturas anatômicas, por permitir obter diretamente cortes tomográficos em diversos planos e porque pode contribuir com dados funcionais.
Arteriografia : permite maior definição dos vasos e é exame preliminar em procedimentos intervencionistas.
Bibliografia:Computed Body Tomography, 3ª edição, Lee et al., editora Lippincott-Williams and Wilkins.
Links Bibliográficos:


Dados do Documento
Autor do Documento: Renato N Caggiano
Data de Criação: 23/09/2002

Aprovação do Documento
Aprovador: Leda Uemura
Artur Rocha Correa Fernandes
Data da Implementação: 15/10/2002
Data da Aprovação: 14/10/2002
Status Geral do Documento:Ativa



Histórico
Histórico
Documento Criado em Rascunho por: Renato N Caggiano em 23/9/2002 10:12:57
Documento Alterado em Rascunho por: Renato N Caggiano em 23/9/2002 10:58:19
Documento Alterado em Rascunho por: Renato N Caggiano em 30/9/2002 12:31:27
Documento Alterado por: Renato N Caggiano em 7/10/2002 12:13:36
Documento foi enviado para Aprovação por: Renato N Caggiano em 14/10/2002 14:55:46 para Leda Uemura
Documento Aprovado por: Leda Uemura em 14/10/2002 15:03:39
Documento Aprovado por: Artur Rocha Correa Fernandes em 14/10/2002 15:05:56
Documento Revisado por: Consulta Gestao Medica em 11/07/2006 10:35